segunda-feira, 6 de agosto de 2012



Ensaio fotográfico sobre o texto de Boris Fausto - "uma paixão de outrora"
revista Piauí nº70


Há uns doze anos, todos os fins de semana, ando de bicicleta pelo centro de São Paulo apurando meu olhar sobre a velha cidade. Esta cidade, como uma dama, sempre me apresenta algo novo, uma perspectiva diferente ao meu olhar e a minha lente.
Desta feita não foi ela que se mostrou, mas foi um texto maravilhoso do prof. Boris Fausto, publicado no número 70 da revista Piauí.
Sob o título de “Uma paixão de outrora – a história de amor que movimentou São Paulo nos anos 20”, o texto, por meio de uma redação envolvente, apresenta um romance paulistano dígno de um filme Filme noir.
Em minhas andanças de bike nunca deixo de passear pelo Cimitério da Consolação e lá já havia visitado uma sepultura magnífica a qual confundi com um trbalho de Brecheret tal o grau de sua beleza plástica. Mas B. Fausto corrigiu minha interpretação com a notação de outro grande escultor de Taubaté chamado Francisco Leopoldo e Silva. O tumulo leva o título de “intrerrogação” e, como disse é uma obra de arte para quem aprecia esculturas.
Fica minha dica de leitura e de passeio. O texo pode ser encontrado nas bancas na revista Piauí nº70 e a escultura no cemitério da concolação, localizada proxima da sua entrada pela Rua Itacolomí.
Este ensaio fotográfico fica em homenagem ao Boris Fausto.

.

GRAVURAS

O gravado constitui uma das minhas principais formas de expressão. Fascinado pelos gravadores do expressionismo alemão, sempre imaginei alcançar a magia de reproduzir um desenho com a delicadeza de Otto Mueller (1874-1930) ou a crítica social de Grosz (1893-1959), Otto Dix (1891-1969), ou o próprio Ernst Ludwig Kirchner (1880–1938) fundador da Die Brücke * ( a ponte).
A forma gráfica definida pela gravura do expressionismo alemão não resultou, de maneira imediata, na tentativa de seguir a técnica. Ela se manifestou pelo Kiri -ê, no qual o artista realiza suas ilustrações por meio do gravado em papel. A técnica é originária da China onde é executada em papel de arroz e deve manter estrutura original do suporte.
Entretanto o que me interessou foi o resultado plástico obtido com a técnica, empregando papeis mais grossos e negros. A solução de superfícies e linha se assemelhava fortemente com as gravuras dos artistas alemães.

Em 1983 e 1987, realizei duas exposições com desenhos realizados com esta técnica no papel no Centro Cultural São Paulo e no Franz Café. Nesse período tentei a reproduzir os trabalhos por meio de serigrafia, os quais resultaram impressões surpreendentes. A partir de então, estas serigrafias passaram a me estimular a tentar uma gravação usando o mesmo método de impressão que utilizava para a xilogravura (impressão usando pressão por meio de uma colher sobre papel de arroz). Entretanto o sonho de usar papel como matriz, só veio se concretizar em 2008.
A técnica me fascinou uma vez que não era necessário grande recurso na compra de madeira ou goivas e, ao mesmo tempo, poderia ser praticada por qualquer pessoa. Para esta técnica bastava um bom estilete, um cartão (papel com 400g) e criatividade.
Evidentemente, a durabilidade da matriz de papel é muito menor que as demais matrizes convencionais. Entretanto, como já mencionei, é muito prática e com características expressivas particulares.
Tal como a xilogravura em cortes de topo ou de fio, a experiência com outros materiais, em decorrência de sua resistência ao corte das goivas, definem um resultado específico para a gravura. Algumas destas experiências podem ser vistas nas imagens abaixo.


*Grupo de artistas expressionistas alemães formado em1905 em Dresden

rosto de homem

rosto de homem
gravura com matriz de papel - 2008

homem

homem
Xilogravura - 2006

ribeirinha

ribeirinha
xilogravura - 1986

perfil

perfil
Xilogravura - 1984

mulher apoiada

mulher apoiada
gravura com matriz de papel - 2008

Sangue

Sangue
Foto Rogerio Bessa Gonçalves (2003) - Edifício Copan - Arq. Oscar Niemeyer - São Paulo

Balanço

Balanço
Foto Rogerio Bessa - 2004 - Museu Oscar Niemeyer - Curitiba

Foto Rogerio Bessa (2005) -Viaduto Sta. Efigênia - São Paulo

Foto Rogerio Bessa (2005) - São Paulo

Lilás

Lilás
Foto Rogerio Bessa - 2005 - Avenida São Luiz - São paulo

ontem

ontem
Foto Rogerio Bessa (2005) - São Paulo

sugar bread

sugar bread
Rio - 2008

copan

copan
Foto Rogerio Bessa (2005) - São Paulo